17/08/2020

Consumo de energia elétrica será reduzido no TRT com a implantação de Células fotovoltaicas

  Voltar
Tribunal Regional do Trabalho 13ª Região 

Células fotovoltaicas serão implantadas, ainda este ano, no Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região). O objetivo, além de ser a produção de uma energia limpa, é diminuir o consumo nos próximos exercícios. Foi o que disse o presidente do TRT, desembargador Wolney de Macedo Cordeiro na abertura da primeira Reunião de Avaliação Sustentável, que aconteceu na semana passada por meio de videoconferência.

O encontro reuniu os membros do Comitê de Governança Institucional do TRT que avaliaram os resultados dos indicadores do Plano de Logística Sustentável – PLS, do Regional e conheceram Índice de Desenvolvimento Sustentável (IDS) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Estiveram presentes na reunião o vice-presidente do Regional, desembargador Leonardo Trajano e os juízes Adriano Dantas, auxiliar da presidência e Paulo Roberto Vieira Rocha, auxiliar da vice-presidência.

A reunião contou também coma participação do diretor-geral, Alexandre Gondim, da secretária Geral da Presidência, Iselma Maria de Souza Rodrigues, do secretário Geral Judiciário, Marcelo Teixeira Corrêa de Oliveira, do assessor de Gestão Estratégica, Max Guedes Pereira, do chefe da Seção de Gestão Socioambiental da AGE, Jackson Bertamoni de Lima e do servidor Kleber Napoleão Nunes de Oliveira Barros, do setor de estatística da AGE.

Prêmio CNJ de Qualidade

Max Frederico Feitosa fez uma explicação funcional/filosófica da importância do acompanhamento do PLS do TRT13 em função do surgimento do IDS-CNJ e seus reflexos no Prêmio CNJ de Qualidade. Ele justificou ser essa apenas a primeira reunião de 2020, em virtude do isolamento social ter acontecido antes do final de março, data agendada para acontecer a primeira reunião. Outras duas reuniões serão realizadas até o final do exercício.

O servidor Kleber Napoleão fez a apresentação do o IDS-CNJ: o modelo estatístico de apuração do índice, os indicadores que o compõe, a relação de peso entre os indicadores, os indicadores com maior relevância na sua composição e a situação do TRT da Paraíba no Balanço de Gestão Socioambiental 2020, ano-base 2019, nos indicadores de consumo de energia, água, papel, copo descartável e água envasada descartável. Estes indicadores representam 84% da nota final do IDS-CNJ.

A apresentação do PLS foi feita pelo servidor Jackson Bertamoni. Ele utilizou a ferramenta de BI, Hórus e mostrou os indicadores dando ênfase aos que apresentam mais impacto na composição do IDS-CNJ (consumo de energia, água, papel e copo descartável).

Satisfeito com o resultado da reunião, o presidente do regional parabenizou as apresentações de Kleber e Jackson, destacando que elas representam fortemente uma gestão estratégica: “conhecendo o que é importante para a gestão do TRT13, fica mais fácil tomar as decisões que realmente impactam nos nossos resultados”.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok