18/01/2021

Demanda por módulos fotovoltaicos cresce 16% em 2020, aponta Greener

  Voltar
Reportagem publicada na Mega What 

O volume de módulos fotovoltaicos demandados pelo mercado brasileiro atingiu a marca de 4,76 GW em 2020, um valor 16% superior em comparação ao ano de 2019. Os dados foram divulgados pela consultoria Grenner.

De janeiro a abril de 2020, a importação de módulos fotovoltaicos ficou bem acima do volume importado em 2019, totalizando 2.308 MWp. No entanto, a partir de junho, a tendência se inverte e a importação só fica acima, em relação ao ano anterior, em setembro, com 530 MWp, frente a um registro casa de 390 MWp.

Segundo a consultoria, o resultado na importação reflete as incertezas econômicas do ano de 2020. Para comparação, o volume importado em dezembro de 2020 atingiu 383 MWp, enquanto no mesmo período de 2019 a importação ficou na casa dos 560 MWp A flutuação no volume de módulos reflete as incertezas de um mercado desafiador no ano de 2020.

Os módulos de células monocristalinas do tipo PERC apresentaram uma redução de preço de 24%. Comparado a janeiro, todas as tecnologias apresentaram redução considerável de valores, mas a Greener indica que a tendência é de um incremento nos preços dos próximos meses, refletindo a dinâmica do mercado mundial.

Quanto ao mercado de inversores, foi demandado um volume total de 4,89 GW ao longo de 2020, representando um incremento 41% sobre o valor de 2019. Em dezembro, o destaque ficou com os inversores de pequeno porte, geralmente utilizados em instalações residenciais, e inversores de maior porte (>50kW), puxados por um mercado de usinas maiores.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok