15/06/2020

Energia solar é solução para abastecimento de água em Sidrolândia

  Voltar
MS Negócios

Sistema fotovoltaico isolado, ainda em fase de testes, tem sido eficiente para suprir a demanda de eletricidade do pequeno sistema hídrico da Sanesul (Foto:Portal Solar)

A Sanesul (Empresa de Saneamento do Estado de Mato Grosso do Sul) instalou um sistema fotovoltaico no Centro de Reservação de Água 03 (CR-3), em Sidrolândia, visando suprir a necessidade de energia para o funcionamento do pequeno sistema que abastece a localidade e onde ainda não há rede de energia instalada. O projeto, ainda em fase de teste, partiu do Departamento de Meio Ambiente da Sanesul e está em funcionamento neste reservatório desde abril deste ano, já apresentando resultados positivos.

No Centro de Reservação CR-3, em Sidrolândia, todo o sistema de abastecimento de água é feito por meio de um poço tubular profundo com reservatórios apoiados e elevados de sobra em local de cota mais elevada.

Um dos engenheiros responsáveis pelo projeto, Thiago Pereira Vieira, explica que o maior desafio é levar energia até este Centro que fica num lugar distante, o que ocorre também em outros lugares do Mato Grosso do Sul.

“Hoje, os custos de extensão de rede de energia elétrica para esses locais acabam muitas vezes inviabilizando implantação de um novo sistema. Dessa forma,energia solar foi a melhor solução para a falta de energia elétrica nesses locais que não são alimentados pela rede e também uma alternativa econômica para operacionalizar o sistema de abastecimento. Este modelo pode nos ajudar no futuro, reduzir nosso consumo de energia elétrica em todas as unidades operacionais da Sanesul”, comenta.

Para esse projeto foram suficientes apenas dois painéis solares de 150 WP instalados, em sistema off-grid – fora da rede de distribuição, em cima do reservatório elevado de concreto armado que produzem 150 volts de energia elétrica. “O CR opera com uma carga elétrica muito baixa por que contar apenas com um rádio de telecomando 12V para ativar e desativar a estação elevatória que recalca água para o sistema e uma iluminação de advertência. Dessa forma, os dois painéis resolveram a situação”, comenta o engenheiro elétrico da Sanesul, Marcus Vinícius Tedesco.

“Essa é a primeira aposta da Sanesul no segmento de energia renovável visando economia. Os resultados são promissores e, no futuro, vamos estudar a possibilidade de aplicação dessa solução em outras unidades da empresa de saneamento”, complementa.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok