03/09/2020

Energia solar em Porto Alegre ultrapassa 10 megawatts de geração distribuída

  Voltar
Jornal do Comércio - RS 

Mapeamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), indica que Porto Alegre acaba de ultrapassar a marca de 10 megawatts (MW) operacionais em geração distribuída a partir da fonte solar. A cidade ocupa a quinta posição no ranking da geração distribuída solar fotovoltaica no território gaúcho.

A Capital possui atualmente 1.110 sistemas em operação nas residências (81,8%), comércios (17,0%), indústrias (0,7%) e prédios públicos (0,5%), que abastecem 1.328 consumidores. Dentre os municípios do Rio Grande do Sul, Caxias do Sul é o primeiro em potência instalada, seguida por Santa Cruz do Sul, Novo Hamburgo e Santa Maria.

No Estado, a energia solar ultrapassou recentemente o patamar de 400 megawatts (MW) operacionais em geração distribuída. Os gaúchos ocupam a segunda posição no ranking da geração distribuída solar fotovoltaica no Brasil.

Atualmente, 34.674 sistemas fotovoltaicos estão em operação em todo território, presentes em 99,4% dos municípios da região. De acordo com a ABSOLAR, a geração distribuída solar do Rio Grande do Sul representa atualmente 13,5% da potência instalada total da modalidade no Brasil.

O CEO da ABSOLAR, Rodrigo Sauaia, destaca que mesmo em locais com clima mais frio no Brasil, como é o caso da região Sul, o desempenho da tecnologia fotovoltaica é ainda muito superior em comparação com o dos países mais desenvolvidos do hemisfério norte. “A energia solar fotovoltaica reduz o custo de energia elétrica da população, aumenta a competitividade das empresas e desafoga o orçamento do poder público, beneficiando pequenos, médios e grandes consumidores do País”, diz Sauaia. “O Brasil em toda sua extensão possui condições privilegiadas para se tornar uma liderança mundial na área”, acrescenta.

Para Mara Schwengber, coordenadora estadual no Rio Grande do Sul da ABSOLAR, a região é estratégica no País para o desenvolvimento da fonte solar fotovoltaica. “O estado gaúcho possui um grande potencial para a tecnologia fotovoltaica e, com a atual presença da solar fotovoltaica na geração distribuída, o mercado contribui de forma significativa para o desenvolvimento sustentável e econômico de toda a região”, comenta.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok