13/12/2020

Granja investe em energia solar para reduzir custos com insumos

  Voltar
Canal Rural 

Energia solar pode contribuir com economia de R$ 80 mil por mês com gastos na energia dentro da propriedade

O Grupo Josidith, produtor de ovos na cidade de Leopoldo Bulhões (GO), anunciou a instalação de uma usina solar fotovoltaica para atender as demandas de energia de sua linha de produção, que gira em torno de 2 milhões de ovos por dia. A usina tem capacidade para gerar 149.250kWh (kilowatt-hora), volume equivalente ao consumo de cerca de mil residências por mês.

A construção da usina solar foi encomenda pela agroindústria à Sices Solar. O valor do investimento para a elaboração do projeto não foi divulgado, no entanto, a Sices afirma que usina solar tem retorno esperado para o valor aplicado pelo Grupo Josidh em cinco anos. A empresa, diz, ainda, que o projeto contribui para mitigar a emissão de 4,3 mil toneladas de gás carbônico por mês, além de gerar uma economia de R$ 80 mil/mês para a propriedade rural em relação ao gasto atual com energia.

Segundo Lucas Tróia, diretor comercial de novos negócios da Sices, o investimento em energia solar contribui para o maior controle de custos na atividade agropecuária. “Com esse tipo de fonte de energia, o produtor passa a ter um maior controle dos gastos, pois o custo dele com energia passa a ser fixo. Isso reflete em mais competitividade. É um investimento que se paga”, destaca.

Segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), a agropecuária é o terceiro setor que mais utiliza energia solar fotovoltaica no Brasil, atrás apenas dos consumidores residenciais e do setor de comércio e serviços. Segundo a entidade, o país conta com cerca de 23 mil sistemas no campo, o que corresponde a 7% do total e contempla mais de 32 mil produtores.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok