06/01/2021

Grupo Fleury adota consumo de energia solar e fecha acordo com a GreenYellow

  Voltar
Segs 

Total de 4,5 MWp contratado abastecerá 45 unidades das três marcas do Grupo localizadas no estado do Rio de Janeiro; para atender essa negociação, multinacional francesa irá construir uma usina fotovoltaica na cidade de Paty dos Aferes, no estado fluminense, cuja produção anual será de 7,4GWh.

Há mais de uma década pautando seu desenvolvimento no crescimento sustentado, também no que diz respeito à questão ambiental, o Grupo Fleury dá mais um passo importante na adoção de estratégias para o uso de energias renováveis. Para avançar ainda mais dentro dessas iniciativas, a companhia fechou acordo com a GreenYellow para a contratação de 4,5 MWp em energia solar.

O recurso contratado irá abastecer 47% da energia consumida pelo Grupo Fleury no Rio de Janeiro por meio das marcas em que estão presentes no estado, o que representa 45 unidades entre Labs a+, Felippe Mattoso e LAFE - todas em baixa tensão. O consumo energético do Grupo Fleury em território fluminense por meio de suas unidades localizadas dentro de shopping centers, centros de atendimento ao público ou áreas técnicas onde são processados os exames representam, atualmente, 27% do total utilizado pela companhia em todo País.

Visando atender os requerimentos estabelecidos pelo negócio, que tem o prazo de 10 anos, a multinacional francesa GreenYellow irá construir, com previsão de entrega para 2021, uma usina fotovoltaica na cidade de Paty dos Aferes, no estado do Rio de Janeiro. A planta contará com a produção anual de 7,4 GWh, absorvidos por 7.055 painéis solares. O empreendimento cumprirá todos os critérios de licenciamento e regulamentação ambiental aplicáveis. E, para se ter ideia da amplitude do projeto, vale destacar que a energia gerada é equivalente a mais de 3.800 casas com consumo médio de 160 KWh cada uma e quase 4 mil toneladas de CO2 evitados no período de um ano.

Segundo Clóvis Porto, diretor de Expansão e Facilities do Grupo Fleury, esse é um importante passo que a companhia dá em direção à migração do consumo de energia de suas operações à alternativa ecologicamente sustentável. "O Grupo Fleury sempre foi uma empresa com o forte compromisso e iniciativas favoráveis ao meio ambiente, colocando em prática projetos de telhado verde, eficiência energética, acesso ao Mercado Livre de Energia, entre outros. Agora, a adoção de uma fonte 100% renovável, como é o caso da fotovoltaica, nos coloca ainda mais em um caminho que desejamos seguir em termos de sustentabilidade", completa. O executivo afirma, ainda, que a possibilidade de contar com um parceiro como a GreenYellow é muito positiva, uma vez que a companhia traz consigo alta expertise nesse tipo de projeto. "O fato de termos firmado o acordo com uma empresa amplamente especializada nesse trabalho nos traz mais segurança no sucesso dessa iniciativa", define.

Com o objetivo de viabilizar a construção da usina fotovoltaica, a GreenYellow está investindo mais de R? 19 milhões no projeto. "De acordo com o modelo de negócio proposto pela GreenYellow aos clientes, a empresa é responsável pela injeção do capital e a completa implantação, operação e manutenção da usina. Além disso, o parceiro tem o benefício de adquirir energia a um custo mais baixo que o comprado junto à distribuidora", explica Pierre-Yves Mourgue, diretor-presidente da GreenYellow. O executivo ressalta também a relevância desse acordo com o Grupo Fleury, que significa a ampliação da atuação da empresa no segmento de serviços.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok