08/09/2020

Porto Feliz tem usina fotovoltaica remota para abastecer residências, comércios e indústrias

  Voltar
Jornal O Semanário Regional 

A cidade de Porto Feliz, que fica cerca de 120 quilômetros de São Paulo, conta agora uma usina solar, sem ter de instalar placas fotovoltaicas nos próprios telhados, com capacidade de 1 MWp. O projeto foi financiado pelo Desenvolve SP, conhecido como o Banco do Empreendedor, que vai fornecer energia limpa e renovável para consumidores da área atendida pela concessionária da região.

A unidade começou a operar com a oferta de energia limpa e sustentável para empresas e residências de 27 municípios do interior e litoral e foi batizada de Wanda Maria Bueno. No total, foram investidos R$ 4 milhões. Desse montante, R$ 1,3 milhão foram destinados a reforços e outras melhorias na rede de distribuição. A usina evitará a emissão de 3.300 toneladas de gás carbônico ao longo de sua vida útil.

“Temos muita satisfação em financiar a implementação de projetos como o da Sun Mobi. Micro, pequenas e médias empresas paulistas podem contar com a Desenvolve SP para se tornarem cada vez mais sustentáveis, eficientes e competitivas”, afirma Ana Paula Shuay, Superintendente de Negócios da Desenvolve SP.

A Sun Mobi também conta com o apoio da InvestSP para a implementação de seus projetos de investimento. A equipe da agência intermediou o relacionamento da empresa com a prefeitura municipal de Porto Feliz e tem prestado suporte em seu plano de expansão.

De acordo com o sócio Guilherme Susteras, é uma opção para consumidores que se encontram em imóveis alugados, apartamentos ou ainda que não têm condições de fazer investimentos num sistema fotovoltaico. A distribuição é feita diretamente aos clientes, por meio da rede concessionária.

A construção da usina solar foi viabilizada por um financiamento da linha Economia Verde da Desenvolve SP, que conta com taxa de juros a partir de 0,25% ao mês (+Selic) e o prazo de pagamento de até 10 anos, incluso o período de carência, que chega a dois anos.

Além da placa fotovoltaica, essa linha também disponibiliza crédito a juros competitivos e longo prazo para a compra e instalação de aerogeradores, equipamentos para pequena central hidrelétrica e biogás de aterro, bem como projetos voltados à redução de perdas e transmissão de energia elétrica, sistemas de recuperação de calor, isolamento de tubulações.

Esta não é a primeira planta da Sun Mobi financiada pela Desenvolve SP. Em 2018, a empresa contratou crédito da instituição financeira do Governo Paulista para a construção de uma unidade com capacidade de 400 kWp, em Araçoiaba da Serra.

A Desenvolve SP financia o desenvolvimento sustentável do estado a partir de projetos como esse.

“Além da geração de oportunidades, emprego e renda, os ganhos ambientais são fundamentais para que tenhamos uma economia cada vez mais forte”, completa a executiva da Desenvolve SP.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok