17/06/2020

UFR vai contar com energia solar em MT

  Voltar
Regional MT News 

O Ministério da Educação liberou, esta semana, R$ 1,8 milhão para a Universidade Federal de Rondonópolis para a instalação de placas fotovoltaicas. A informação é da reitora Analy Castilho Polizel de Souza. Segundo ela, outros R$ 800 mil serão investidos pela Energisa (empresa responsável pelo fornecimento de energia elétrica em Mato Grosso) também em placas fotovoltaicas.

Com isso, a previsão é economizar 17% do orçamento da instituição de ensino. “O custo da energia elétrica chega a R$ 180 mil por mês. É o maior custo do nosso orçamento”, disse a reitora.

Segundo ela, o pedido das placas fotovoltaicas contou com o apoio do senador Wellington Fagundes (PL-MT), que levou o assunto ao Ministério da Educação. “Esse apoio foi fundamental”, disse.

Com a economia, a UFR deve fazer novos investimentos em pesquisas, na aquisição de material e ampliação da estrutura física. “Até o final do ano, vamos fazer a licitação. Acredito que chegaremos a 2021 sem precisar pagar conta de energia”, diz.

Em relação aos investimentos que serão feitos pela Energia, Analy explica que a UFR participou de um edital e conseguiu a aprovação do projeto.

O senador lembra que, enquanto deputado federal, chegou a apresentar um projeto para incentivar a instalação de placas fotovoltaicas, principalmente em órgãos públicos, como forma de economia dos custos. É uma energia renovável e limpa e temos abundância de luz em Mato Grosso”.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok