Área de associados Trabalhe no setor solar

Energia renovável potencializa mercado com alta em vagas e salários

19/10/20 | São Paulo

ISTOÉ Dinheiro 

Na área de energias renováveis, o Brasil é o segundo país no mundo que mais emprega. Atualmente são 1,158 milhão de trabalhadores empregados – o País fica atrás apenas da China. Segundo a empresa de recrutamento de média e alta gestão Michael Page, a busca por executivos para este setor cresceu 35% no primeiro semestre deste ano ante o mesmo período do ano anterior.

Para Guilherme Filgueiras, gerente executivo da empresa, ouvida pela Exame, a demanda por profissionais executivos é um sinal do aumento de oportunidades agora e no futuro do setor.

A consultoria listou três cargos com alta demanda em 2020, em que a média salarial para os profissionais fica entre R$ 15 e 25 mil. Veja a seguir.

1) Gerente de desenvolvimento de projetos: o profissional busca novas oportunidades de negócio e realiza o desenvolvimento do projeto até o início de sua implementação. As oportunidades podem ser “greenfields” (projetos de Capex), ou seja, quando o produto do projeto é realizado a partir do zero, em situações em que não se conta com instalações e facilidades pré-existentes, ou brownfields (M&A), quando o produto do projeto é realizado para se somar a algo já existente. O profissional deve conhecer muito do mercado de energia e regulatório e também deve ter habilidade em gerenciar os stakeholders envolvidos. Geralmente, abrange profissionais com conhecimentos em Engenharia, Finanças e Vendas.

2) Gerente ou diretor de projetos: é responsável pela execução de projetos. Recebe a demanda da parte de desenvolvimento e responde pela construção, instalação e comissionamento. O profissional deve conhecer bem o mercado de energia e dominar tecnicamente o conceito de projetos de infraestrutura. Existe um grande número de trabalhadores de grandes obras migrando para projetos de energias renováveis, já que oferecem menos complexidade. É preciso ter experiência em projetos de grande porte.

3) Gerente ou diretor de organizações e métodos: cuida da gestão das operações e manutenção dos ativos de geração de energia renovável. Trata-se de um perfil raro no mercado, já que o número de ativos ainda é baixo. Assim, há espaço para a participação de profissionais de outros setores, desde que consigam se adaptar rapidamente a uma nova realidade. É essencial ter conhecimento técnico do maquinário, a exemplo de aerogeradores, módulos solares, trackers, entre outros, além de senso de urgência e prontidão.