Área de associados Trabalhe no setor solar

Geração de energia cresceu 10,8% na primeira metade de maio em relação a 2020

27/05/21 | São Paulo

Reportagem publicada no Câmara de Comercialização de Energia Elétrica

Acompanhando o consumo, a geração de energia elétrica no Brasil cresceu 10,8% nas duas primeiras semanas de maio, na comparação com o mesmo período do ano passado, ofertando ao SIN 65.200 MW med. O estado do Pará foi o que mais contribuiu com o aumento, entregando ao sistema 13.098 MW med, seguido por São Paulo (11.976 MW med), Rondônia (6.117 MW med), Minas Gerais (5.224 MW med) e Bahia (4.477 MW med).

Os dados estão presentes no Boletim InfoMercado Quinzenal, da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE.

Ao analisar a geração por fonte, houve crescimento em todas elas. As usinas hidrelétricas, principal matriz energética do Brasil, registraram alta de 6,5% (46.131 MW med) em relação aos primeiros 15 dias de maio do ano passado. As usinas térmicas tiveram aumento de 26,3% (11.798 MW med), os parques eólicos de 19,2% (6.581) e as fazendas solares, como são conhecidas as usinas fotovoltaicas, de 1,9% (690 MW med).