Área de associados Trabalhe no setor solar

Global Solar Council prevê ano transformador para fonte solar em 2021

23/02/21 | São Paulo

Infosolar

Entidade defende transição global acelerada para geração 100% renovável

O Global Solar Council (GSC) prevê que 2021 será um ano transformador para a fonte solar, em um momento que o setor ganha destaque dentro dos esforços dos países para conduzir uma recuperação verde da pandemia e com o aumento da confiança dos investidores na tecnologia.

A entidade defende uma transição global acelerada para uma geração 100% renovável e afirma que devem ocorrer mudanças sistemáticas nos níveis regulatórios, financeiro e legislativo, assim como ações individuais de adoção de tecnologias sustentáveis.

“Dado o potencial da fonte fotovoltaico para liderar a transição para uma economia de baixo carbono, nós precisamos do mesmo tipo de urgência na energia solar que vimos no desenvolvimento de vacinas para a COVID-19”, disse o presidente do GSC, José Donoso.

“Ao contrário das vacinas, nós não precisamos criar as soluções, mas trabalhar em conjunto para acelerar a implementação em larga escala. A tecnologia fotovoltaica é limpa, prontamente disponível e a forma mais barata de investir em geração de energia em muitos lugares do mundo.”

A GSC disse que sua agenda para 2021 será iniciada em março com um webinar em colaboração com a Worldwide Carbon Price, uma nova organização que tem como meta promover a precificação efetiva do carbono como forma de financiar a recuperação da pandemia e acelerar a transição energética. O calendário do setor culminará com a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 (COP26), que será realizada em Glasgow, na Escócia, em novembro.

A entidade afirma que o plano de ação para 2021 será centrado ao redor de fóruns virtuais para explorar as perspectivas da fonte solar sob dois aspectos: avaliando como a tecnologia fotovoltaica está permitindo que a recuperação verde seja uma realidade e viabilizando oportunidades para um desenvolvimento sustentável; e examinando políticas, preços e práticas de licenciamento necessárias para impulsionar a descarbonização global.

Após um 2020 em que investimentos em instalações fotovoltaicas saltaram 12%, apesar dos impactos da pandemia, a BllombergNEF estima que o total de novas instalações da fonte atingirão até 194 gigawatts (GW) em 2021.