Área de associados Trabalhe no setor solar

Importação de inversores para energia solar cresce 95% no primeiro trimestre

26/04/21 | São Paulo

Reportagem publicada no Infosolar

De acordo com balanço da Greener, equipamentos de maior porte (+ 50,1 kW) representaram 54% do total importado da tecnologia string

A importação de inversores para energia solar cresceu 95% de janeiro a março de 2021 na comparação com igual período do ano passado, informou a consultoria Greener em boletim divulgado na última quinta-feira (22).

Em março, o volume de inversores importados atingiu 1,1 GW, contribuindo para fechar o trimestre com a soma de 2,5 GW em produtos chegando ao Brasil. O destaque ficou para os inversores de maior porte (+ 50,1 kW), normalmente utilizados em grandes projetos, representando 54% do volume total importado da tecnologia string. Os inversores de médio porte representaram 19% e de pequeno porte 27%.

O inversor fotovoltaico é responsável por converter a corrente alternada do módulo solar para a corrente contínua antes da energia ser injetada na rede. De acordo com o diretor da Go Solar, Jean Tremura, o desempenho mostrado no relatório da Greener revela o crescimento acelerado do mercado fotovoltaico, mesmo em um cenário pandêmico.

“O mercado tem crescido continuamente. Além dos projetos de leilões, há grandes clientes para o mercado livre e tem também a geração distribuída. Temos cada vez mais segmentos demandando equipamentos solar, claro que muitos projetos também estavam represados, mas chega um momento que eles têm que entrar em operação”, analisou o executivo.