Área de associados Trabalhe no setor solar

Metrô de Fortaleza terá estação com energia solar

11/05/21 | São Paulo

Reportagem publicada no Trolebus

O Metrôfor informou por meio de um comunicado que a Estação Juscelino Kubitschek será a primeira unidade do Metrô de Fortaleza a contar com placas fotovoltaicas, para geração de energia elétrica, de origem solar. Segundo um comunicado da operadora, a instalação de 588 placas fotovoltaicas na estação JK entrou em fase de conclusão, em que a empresa obterá autorização da Enel para operar com o sistema e realizará os testes finais, antes de iniciar o funcionamento. Todas as placas fotovoltaicas e demais itens necessários já estão instalados.

“O Metrô, por ser um sistema eletrificado, já contribui de forma efetiva para redução de emissão de poluentes. A partir dessa iniciativa para geração de energia solar, buscamos consolidar nosso compromisso com uma agenda de serviços comprometidos com o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável”, explica o diretor-presidente da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos, Igor Ponte.

A energia solar gerada será transferida para a rede elétrica da Capital, e em seguida revertida para o Metrô, como crédito em produção elétrica, o que implicará em compensações nas contas de energia da operadora. A estimativa é que a quantidade de energia solar produzida na JK e na Estação Padre Cícero – que também está recebendo placas solares – seja suficiente para cobrir a demanda elétrica de pelo menos quatro estações da Linha Sul.

Já na Estação Padre Cícero, no momento, são realizados os preparativos necessários para receber as placas fotovoltaicas e demais peças do sistema. No total, foram contratadas a instalação de 882 placas, distribuídas nas duas estações. A Estação Padre Cícero será a segunda unidade do Metrô que terá geração de energia solar e a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos estuda a expansão do projeto para outras estações.