Área de associados Trabalhe no setor solar

SC tem o primeiro primeiro ônibus movido a energia solar do País

02/03/21 | São Paulo

Santa Catarina – UFSC

SC tem o primeiro primeiro ônibus movido a energia solar do País

O ônibus solar, também chamado de eBus, feito pela WEG em parceria com a UFSC, está sendo utilizado desde o ano de 2017 e é capaz de realizar um percurso de 50km entre o campus da Universidade Federal de Santa Catarina e o Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica.Mais de 30 mil passageiros já utilizaram o ônibus, entre eles professores, alunos e colaboradores da instituição.

O principal propósito do eBus é o levantamento de dados e a análise de viabilidade da tecnologia para que, em um futuro próximo, esses veículos possam ser empregados no transporte público de todo o Brasil, explica a pesquisadora Marília Braga. "Os veículos elétricos representam o futuro da mobilidade e é muito importante para o Brasil entrar nessa onda. Ajudando nosso projeto você ajuda a construir um mundo mais sustentável", acrescenta a colega e pesquisadora, Anelise Medeiros Pires.

"O eBus é uma experiência única, um carro sem barulho, sem ruído, 100% ecológico e muito bom de se andar", conta o motorista do veículo, Sandro Oliveira Ramos. A campanha de financiamento coletivo busca angariar recursos para sustentar os salários dos motoristas e manter as manutenções do veículo".

Para utilizar os serviços do ônibus elétrico na UFSC, é necessário fazer um cadastramento, que pode ser realizado por meio do site ou encaminhando um e-mail.

O eBus foi inaugurado em dezembro de 2016, por meio de licitação vencida pelo consórcio WEG-Marcopolo-Eletra-Mercedes, que teve um prazo de 12 meses para entregar o ônibus conforme as especificações. Em março de 2017, deu-se início ao serviço regular de transporte entre o Campus Trindade e o Sapiens Parque, no Norte da Ilha. O eBus da UFSC foi o primeiro do país 100% elétrico movido a energia solar. O veículo faz cinco viagens por dia, em torno de 52 quilômetros por itinerário e cerca de 5.000 kms/mês, totalmente alimentado por energia solar gerada nas coberturas do Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar da UFSC.