Área de associados Trabalhe no setor solar

Vivo inaugura sua 1º usina solar no Distrito Federal

25/11/20 | São Paulo

Reportagem publicada no Canal Solar 

A Vivo inaugurou sua primeira usina fotovoltaica no Distrito Federal, na região do Café sem Tronco, no núcleo rural do Paranoá. A planta atenderá mais de 530 unidades consumidoras da operadora localizadas na área de concessão da CEB (Companhia Energética de Brasília).

"Este é mais um passo importante para a Vivo, que avança em seu modelo de geração distribuída de energia, com benefícios econômicos, sociais e ambientais também para a comunidade do entorno", afirma Caio Guimarães, diretor de Patrimônio da Vivo.

A usina foi construída e será operada pela Athon Energia. Ao total, a planta possui 15 mil m² e tem capacidade instalada de 4,824 MWp exclusivos para a operação da Vivo.

No período de construção, a usina "Athon 100 Brasília" gerou aproximadamente 110 empregos diretos e 60 indiretos e na fase de operação, irá gerar 20 empregos, entre diretos e indiretos.

A planta integra o projeto da Vivo de instalar 70 usina em todas as regiões do Brasil, com operação em 23 estados e no Distrito Federal. O objetivo do projeto é aumentar a eficiência e reduzir o consumo energético da companhia, que em 2019 economizou 7% no consumo de energia.

Ainda segundo a empresa, 15 delas já estão em funcionamento no país e o restante deve entrar em operação até a segundo semestre de 2021. Sendo que a primeira usina de fonte solar locada pela Vivo foi inaugurada em junho deste ano , em Campinas (SP). A planta, construída pela TMW Energy, tem capacidade de 4,77MW.

Os investimentos da Vivo em GD (geração distribuída) são realizados por empresas contratadas, por meio de uma parceria de longo prazo, onde a concessão dura até 20 anos. A Vivo é a primeira empresa do setor no Brasil que mantém um consumo de energia 100% renovável desde 2018, sendo 61% de fonte solar, 30% de hídrica e 9% de biogás.